19 de julho de 16 Autor: Erika Barros
Famosos defendem Taylor em polêmica de “Famous”

Reunimos abaixo os posts que famosos e pessoas próximas a Taylor fizeram nos últimos dois dias, se posicionando a favor dela. Alguns deles mostram que o status dado a “Famous” é superficial, quando a situação mascarada por esta parte da polêmica é muito maior do que se imagina. Confira abaixo:

Selena Gomez, amiga de Taylor há anos, foi a primeira a se posicionar sobre o assunto. Em seu Twitter, ela disse:

Existem coisas mais importantes hoje em discussão… por que as pessoas não usam a voz para algo que realmente importa? A verdade é que a última coisa da qual precisamos é ódio, de qualquer maneira. Esta indústria é tão decepcionante, até mesmo os que mais influenciam. Decepcionada.

Martha Hunt, modelo e amiga, também falou sobre as verdadeiras questões que deveriam estar em pauta no momento:

Tome conta dos problemas de verdade que estão acontecendo. Emane amor. <3

Ruby Rose, atriz de OITNB e amiga de Taylor, fez uma dissertação sobre porque as pessoas não devem fazer cyberbullying:

Trolls, TROLLEM A MIM. Não trollem meus amigos ou família. É tão triste e desgraçado. Há tanto ódio no mundo. Parem. Ninguém gosta de ser bombardeado virtualmente ou ouvir que não vale a pena… ainda assim, há tantas pessoas que fazem os outros se sentirem assim. A internet e as mídias sociais tem possibilidades intermináveis, possibilidades positivas, mas é muito mais frequentemente um lugar triste. Minhas pequenas experiências não se tratam sobre Taylor, mas sobre a mim mesma. Eu sinto que podemos fazer muito mais se não julgarmos tanto e não formos tão maus uns com os outros. Eu acho que amor é do que o mundo precisa agora. E não, não é “subliminarmente” sobre alguém. É sobre mim, sobre qualquer um que precise e porque eu me sinto impactada sobre violência virtual.

Nossa amada Abigail Anderson, da letra de “Fifteen”, chegou com o close certo:

RT @ShannahHenderson: Da última vez que me lembro, Taylor Swift estava aceitando um prêmio quando Kanye West a humilhou. Ela já era famosa.

Senhor, ouça as minhas orações. Eu oro para que Deus ajude sua filha a entender que, apesar da quantidade de vezes que ela irá escutar o seu pai se referindo a todas as mulheres como “vadias”, ela não é uma. Eu oro para que ela entenda que seu pai é, na realidade, fiel a sua mãe, apesar de todos os comentários sobre adultério que ela irá escutar o seu pai fazendo. Eu oro para que ela entenda que “adultério e vadias” são apenas a forma de arte de seu pai e não se preocupe porque nem todos os homens pensam como ele. Por fim, eu oro pelo perdão. Que Deus perdoe você e a sua esposa por fazerem aos outros as únicas coisas que você reza para que NUNCA sejam feitas com a sua filha.

Eu sempre vou ficar do lado da minha melhor amiga. Não há nenhum ponto de vista maior do que este.

Maya Thompson, mãe de Ronan (“Ronan”, 2012), defendeu Taylor e todas suas boas ações em seu Instagram com um belo textão:

O momento em que Taylor Swift entra na sua vida e continua a mostrar quem é, independentemente de toda a fama e o caos que a cerca. A Taylor Swift que eu conheço apostou em mim, uma mãe perdida e de luto que ela nunca tinha conhecido. Quando eu tava no fundo do poço ela me mostrou que acreditava em mim, no meu filho e na nossa história de amor tanto que isso mudou a vida dela. Ela não parou aí. Nos últimos 5 anos, ela continua a fazer as coisas mais incriveis para a nossa familia e o mundo do câncer pediatrico. Algumas coisas eu falo abertamente sobre. Algumas delas, não. Nos últimos 5 anos eu observei calada enquanto todo mundo tentava destruí-la. Toda vez que ouço algo negativo sobre ela eu entro no modo de defesa materno. Sei que existem dois lados pra todas histórias, mas não importa o que aconteça eu sempre estarei ao lado da Taylor. NÃO IMPORTA.

A Taylor fez merda? Talvez. Mas todos não fazemos? Kanye e Kim são os maiores babacas? Provavelmente, mas eu não posso afirmar porque não os conheço pessoalmente. O que Kim fez hoje, especialmente com todas as tragédias acontecendo no mundo ultimamente, me parece um tanto narcisista. Quando se é tão famosa quanto Kim Kardashian por que você gastaria tempo e energia tentando destruir outro ser humano? Especialmente alguém que tem um coração maior que ela mesma e uma alma que está constantemente tentando fazer desse mundo bizarro um lugar melhor.

Kevin Hart, humorista americano, também publicou sobre o caso:

As pessoas só odeiam o que não podem ter ou ser. Se eles te odeiam, é prova de que você está tendo sucesso em seu trabalho duro. Que você acorde nesta segunda com uma atitude que não é apenas positiva, mas também que avance para o sucesso em tudo o que você faz.

Joseph Kahn, diretor de quase todos os clipes da Taylor na Era 1989, foi mais incisivo em seu Twitter. Ele lembrou que Robert, o pai das Kardashian, era advogado e só ficou famoso após defender O. J. Simpson. O. J. é um ex-jogador de futebol americano que foi acusado de matar sua esposa, Nicole Brown, e seu melhor amigo, Ronald Goldman. O caso teve enorme notoriedade e cobertura pela imprensa norte-americana e lembra um pouco o que houve com o goleiro Bruno e Elisa Samudio aqui no Brasil (lembrando que O. J. e Nicole eram casados). Kahn também lembrou da sextape vazada de Kim Kardashian. Confira abaixo o que Kahn disse em seu Twitter:

Eu trabalhei com todo mundo, já não preciso trabalhar com mais ninguém. Taylor é um arco-íris no meio de um pântano. Por favor tente se lembrar de ser legal com todos hoje. Exceto se a pessoa for um babaca. Se for o caso, chute o saco dela. Kanye não disse o verso “Eu fiz essa vadia famosa” no telefone. É como dizer “Eu quero fazer amor com você” sem o “na sua bunda”. Lembre-se que nós famosos somos todos illuminatis. Poderíamos fazer com que você se enforcasse somente usando o Twitter se quiséssemos. Estamos sendo misericordiosos. Adivinhem só: eu não dou a mínima e nem nunca darei.

Não é a primeira vez que os Kardashian apoiam o assassinato de uma inocente mulher loira. Como você ousa trazer o assassinato de uma mulher aos Kardashians quando ninguém sabia quem eram os Kardashian até eles defenderem um assassino? As pessoas sempre me perguntam sobre como se tornarem famosas. Minha resposta é simples: tenha seu pai defendendo um assassino ou vaze seu próprio vídeo pornô e boa sorte. Meu último tweet do dia. Prontos? Aqui vamos nós… a ironia de uma mulher sem talento algum no mundo atacando uma das mulheres de maior talento.

Sharon Osbourne, apresentadora do talk-show “The Talk”, manifestou nesta segunda-feira uma importante observação sobre tudo o que aconteceu entre Kanye e Taylor nos últimos quase sete anos. Confira:

Honestamente, eu acho que Kanye West é obcecado por Taylor Swift. De verdade, ele tem alguma obsessão por ela. Eu acho que ele é obcecado pelo poder que ela tem, pelo dinheiro que ela tem… mas ele escolheu a pessoa errada. Ele nunca imaginou que Taylor seria tão poderosa quanto ela é agora. E ele nunca terá o poder que ela tem na indústria da música.

Vale lembrar que não há um time “#TeamTaylor” e nem “#TeamKim” e que a briga de Taylor não é com Kim Kardashian. O que aconteceu foram somente o desenrolar dos fatos de 2009 em que Kanye envolveu sua esposa e seu programa, pois não tem mais voz ativa na mídia e dificilmente conseguiria fazer tanto estardalhaçado se fosse ele, por si só, divulgando a tal conversa.

Além disto, os fãs criaram uma hashtag de apoio no Twitter, #IStandWithTaylor, para mostrar apoio a Taylor. A hashtag esteve nos trending topics mundiais durante bastante tempo.





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up