14 de abril de 20 Autor: Julia Cardoso
EX LOVER: Taylor Lautner

(Matéria com simples teor informativo. Não apenas respeitamos Taylor e seu namorado atual, Joe Alwyn, como também torcemos pela felicidade do casal!)

Antes de qualquer coisa, quero fazer uma pergunta. Pensando no ano de 2009, você conhece alguém que não surtava pelo lobão de Crepúsculo? Talvez era você que surtava pelo lobão de Crepúsculo? Outra pergunta: Você conhece alguém que não ouvia You Belong With Me desesperadamente no quarto, sonhando algum dia ser notadx pelx crush? Deixa eu adivinhar, era você quem ouvia You Belong With Me desesperadamente no quarto?

2009 foi um ano louco. Só para relembrar, Obama assumiu a presidência dos Estados Unidos, Michael Jackson morreu após uma parada cardíaca, Kanye West surtou no palco do VMAs… Como a gente sobreviveu mesmo?

Para fechar com chave de ouro, 2009 também foi o ano em que o Taylor Squared (namoro da nossa loirinha com o Taylor Lautner) começou… E terminou, também.

Tudo começou em julho do mesmo ano, quando Taylor é vista nas gravações do filme “Idas e Vindas do Amor”, uma comédia romântica com grandes nomes no elenco, como Julia Roberts, Bradley Cooper, Anne Hathaway, Jennifer Garner e muitos outros.

Taylor (com 19 anos na época) interpreta Felícia, uma jovem que namora o galã da escola, Willy Harrington, vivido nas telinhas pelo ator Taylor Lautner (com 17 anos na época). O crush da Equipe TSBR todinha.

Durante as gravações, os dois tiveram que encenar uma cena de beijo. Essa foi a primeira cena que eles filmaram juntos, porque o diretor Garry Marshall prefere sempre começar com elas.

Garry participou de um programa durante a divulgação do filme e contou que na primeira tomada o beijo foi “mais ou menos”, mas lá pela sexta tomada os dois já estavam totalmente à vontade um com o outro.

E, daí em diante, os artistas só tinham maravilhas a dizer sobre o outro. Lautner, por exemplo, rasgou elogios à Taylor em sua entrevista para a Rolling Stone, dizendo, inclusive, que ela fazia o seu “tipo”.

Anteriormente, nas gravações do clipe You Belong With Me, nossa loirinha teve um pequeno affair com o ator Lucas Till, porém estava solteira quando conheceu Lautner.

Lautner, por sua vez, engatou um relacionamento de pouco menos de 2 meses com a cantora Selena Gomez, no início de 2009 (bom gosto que fala, né?), e também estava solteiro quando conheceu Taylor.

Após as gravações do filme, a próxima aparição pública do casal foi no VMAs, em setembro. Lautner seria encarregado – ao lado de Shakira – de entregar o primeiro prêmio VMA da carreira de Taylor. Isso mesmo, aquele em que o Kanye invadiu o palco (e, muito provavelmente o evento citado em “Back to December” quando Taylor faz menção ao dia em que “ele” a segurou em seus braços numa noite de setembro, a primeira vez que ele a veria chorar).

O evento seria satirizado mais tarde por Lautner em seu discurso de abertura no Saturday Night Live, depois de Taylor basicamente assumir o namoro dos dois em seu próprio monólogo no programa.

Em 10 de outubro, Lautner resolve comparecer ao show da loirinha no Allstate, em Chicago.

O ator sentou num lugar no nível de baixo, bem ao lado da mãe de Taylor. Na época, durante cada show, a cantora andava pelo público, abraçando e cumprimentando todos. Quando ela foi em direção ao ator, ela o abraçou, enquanto quem estava em volta praticamente surtava.

15 dias depois, o casal aparece juntinho novamente. Os dois assistiram a um jogo de hóquei entre o Columbus Blue Jackets e o Los Angeles Kings, no Staples Center. “Eles se sentaram juntos. Ela ama o jeito dele e diz que ele tem o melhor beijo de todos”, disse uma fonte da revista.

O casal também foi flagrado antes do jogo deixando um hotel, em Beverly Hills, onde teriam passado a noite juntos.

No dia seguinte, Lautner aparece nos bastidores de um compromisso de Taylor, antes de levar ela e sua mãe para jantarem no Bistro Garden, em Studio City (Los Angeles).

Um boy desses né minha gente…

Os dois ainda não haviam assumido o romance, porém estava cada vez mais difícil de escondê-lo.

Dois dias depois, em 28 de outubro de 2009, temos a aparição que rendeu uma das fotos mais históricas do casal.

Eles são flagrados deixando uma loja após fazerem compras juntos. Mesmo envergonhados com a presença dos paparazzis, os dois não se desgrudaram a noite inteira, e após as comprinhas, foram jantar juntinhos no Ruth’s Chris Steak House.

E enfim, chegamos em dezembro.

(Acho que vocês sabem o que queremos dizer…)

No começo do mês, o casal tem uma de suas últimas aparições em público. Dessa vez, eles são flagrados comprando frozen yogurt em Los Angeles, acompanhados da mãe da cantora e de um segurança.

Em 14 de dezembro, eles são flagrados tomando um café da manhã tardio no Pancake Pantry, em Nashville.

No final de dezembro, começam a circular boatos de que o casal havia terminado.

De acordo com uma “fonte próxima a Swift”, o relacionamento “não estava indo para lugar nenhum” e que “não havia química”. “Ele gostava mais dela do que ela gostava dele. Lautner foi a vários lugares para apoiar a namorada, mas ela não se importava muito em viajar para vê-lo ”, disse a fonte à Us Weekly.

Felizmente, temos o hino Back to December para nos explicar o porquê de um relacionamento que parecia ter tudo para dar certo, simplesmente não deu.

A música deixa claro que Taylor gostou muito de Lautner e, talvez, até mesmo por causa disso, as inseguranças tenham começado aflorar quando “o frio chegou”. Nesse caso, as “inseguranças” tinham nome e sobrenome: John Mayer.

Taylor, que sempre foi uma grande fã do cantor, viu o relacionamento dos dois se estreitar após terem gravado o dueto de “Half of my Heart” para o álbum de Mayer. Em meados de dezembro, os dois se encontraram constantemente em eventos e shows nos quais aproveitavam para divulgar a música e se aproximar. Não demorou muito até que, após o término com Lautner, os rumores sobre um relacionamento entre os dois começassem a pipocar. De qualquer forma, não durou muito… (e o resto é assunto para outro post).

Talvez você tenha ouvido pelos fãs por aí que Lautner foi um dos melhores namorados da loirinha. O fato é que, mesmo após o término (que Taylor assumiu a culpa), os dois continuaram a se encontrar várias vezes e em nenhuma delas houve climão.

Provavelmente porque em março de 2010, algum tempo depois de terminarem, os dois resolveram almoçar no The Farm. Não sabemos a motivação do reencontro, mas provavelmente foi a ocasião em que Taylor teria pedido desculpas ao ex namorado.

As coisas, aparentemente, terminaram tão bem que os dois acabaram saindo juntos outras vezes. Em 23 de maio de 2010, eles são vistos na Amoeba Records, em Los Angeles.

Por mais que o fandom torcesse para que o casal voltasse a namorar, ficou muito claro de que não passaria de uma amizade pós rompimento. Inclusive, no final do ano, Taylor começaria a se envolver com o ator Jake Gyllenhaal (temos matéria sobre ele aqui também!)

Em 25 de outubro de 2010, nossa loirinha lança a bíblia dos fãs, mais conhecida como Speak Now.

O álbum é considerado pelos críticos como um “amadurecimento lírico” de Taylor, por tratar vários assuntos pesados, como: bullying, escândalos (o evento com Kanye no VMAs), solidão, etc. Dentro da composição 100% autoral da cantora, temos uma música extremamente honesta, em que ela toma consciência de seus erros e pede desculpas por eles. A música é Back to December, track 3 do álbum. A mensagem escondida da canção é “TAY”, fazendo referência à pessoa que inspirou a letra.

Mensagens escondidas do álbum

Nos primeiros versos, Taylor começa a retratar o encontro e a conversa que teve com Lautner no The Farm, algum tempo depois de terminarem o relacionamento: Estou tão feliz que você arranjou tempo para me ver / Como vai a vida, me diga, como vai a sua família? / Eu não os vejo faz um tempo / Você esteve bem, mais ocupado do que nunca / Nós jogamos conversa fora, falamos sobre o trabalho e o clima / Você está na defensiva, e eu sei o motivo

Ela continua: Então essa sou eu engolindo meu orgulho / Em pé na sua frente dizendo que sinto muito por aquela noite / E eu volto para dezembro todo o tempo / Acontece que a liberdade não se mostrou nada além de saudades suas / Desejando ter percebido o que eu tinha quando você era meu / E eu volto para dezembro, dou meia volta / E faço tudo ficar bem / Eu volto para dezembro todo o tempo

Em outro verso, Taylor fala “Quando o seu aniversário passou eu não te liguei”. O aniversário de Lautner foi em 11 de fevereiro, o que só reforça a teoria de que eles se acertaram no The Farm, em março.

Ela também fala sobre os aspectos físicos do ex e sobre o seu comportamento, como era carinhoso e a ajudou quando ela desabou durante o VMAs. No final, ela dá a entender que gostaria que eles voltassem, o que talvez não tenha acontecido por conta de Lautner: Eu sinto falta da sua pele bronzeada, do seu doce sorriso / Tão bom para mim, tão certo / E como você me segurou em seus braços aquela noite de setembro / A primeira vez que você me viu chorar / Talvez isso seja apenas um pensamento bobo / Provavelmente um sonho estúpido / Mas se nos amássemos novamente, eu juro que te amaria direito / Eu voltaria no tempo e mudaria tudo, mas não posso / Então se a sua porta estiver trancada, eu vou entender

O clipe, que saiu apenas no final de 2010, é bastante melancólico. “Eu queria trabalhar com a frieza dos sentimentos de maneira bastante visual, brincando com a neve, a distância e a tristeza”, disse o diretor. “Taylor gostou muito. O tema de inverno foi muito interessante para mim – a neve, o gelo. Eu queria traduzir aquele sentimento de quando partem seu coração. A neve no apartamento representa o quanto ela está conectada a ele. Ele está lá fora, no frio, mas ela está ligada a ele”.

No quarto de Taylor, é possível ver o troféu da premiação Golden Globes, que Lautner compareceu no mesmo ano. O ator apresentou o filme “500 dias com ela”, em que uma jovem rejeita o amor do protagonista e eles terminam o relacionamento. Então ele volta aos 500 dias em que eles ficarem juntos para entender o que pode ter dado errado. Também é possível ver o chaveiro que Lautner usava no pescoço em forma de colar, pendurado próximo ao abajur de Taylor.

Além de Back to December, existem especulações de que Sad Beautiful Tragic do Red também seja sobre o relacionamento dos dois. 

Mesmo com o término, conforme falamos acima, Taylor acabou superando e se envolvendo com outras pessoas.

Os dois também se esbarraram no ano seguinte, em 2011, na premiação Teen Choice’s Awards.

No mês seguinte, Taylor convidou o ator para o seu show e ele compareceu, ficando bem próximo ao palco. Antes de cantar Back to December, ela dedicou a canção para ele: “Essa é para o garoto de Michigan!” (Lautner é de Grand Rapids)

Ela também desceu do palco e deu um abraço fofíssimo no ex.

Tudo aponta que eles mantiveram contato por telefone, sem mágoas ou ressentimentos.

Em setembro de 2012 eles se encontram novamente, agora no VMAs. Vários vídeos mostram que os dois conversaram bastante no backstage da premiação.

Pulando para 2016, Lautner resolveu criar um Instagram (finalmente!!) e a loirinha foi uma das primeiras pessoas que o ator começou a seguir. No seu primeiro vídeo postado, durante uma conversa com David Spade, Lautner tenta convencê-lo a participar de seu primeiro vídeo na rede social. O humorista não parece muito interessado na proposta, até que o ator diz: “Eu te dou o número do celular da Taylor Swift”.

Também em 2016, enquanto dava uma entrevista junto com Lea Michele, sua parceira na série “Scream Queens”, Lautner comentou sobre a música Back to December e também rasgou elogios a cantora.

Quando Lea comenta que estava ouvindo 22, Lautner diz: “É uma boa música, eu ouço ela” e após os colegas tentarem lembrar o nome da música que Taylor escreveu para ele, o ator finalmente diz em meio a risadas: “É Back to December!”

Mesmo que o relacionamento não tenha terminado bem, é muito bom ver que Lautner continua respeitando Taylor, elogiando e admirando o seu trabalho.

Lautner atualmente está em um relacionamento com Taylor Dome desde 2018 (sim… Taylor também). O casal parece estar super feliz e vivem postando fotos fofas no Instagram.

E a nossa loirinha, como vocês sabem, também está super feliz com o namorado, Joe Alwyn.

O que não impede a gente de voltar para Dezembro ás vezes… não é mesmo?





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up