O ex-empresário de Taylor, Dan Dymtrow, estaria movendo um processo contra Taylor e seus agentes. O mesmo alega que o pai de Taylor, Scott Swift, e seus agentes estão devendo milhões para ele pois ele teria um papel fundamental na construção da carreira de Taylor.

Dan Dymtrow alega que foi o primeiro empresário de Taylor, contratado em 2004, e que havia ajudado a fazer uma base para sua carreira, porém em 2005 quando Taylor assinou com a Big Machine Records, o pai de Taylor e o dono da Big Machine, Scott Borchetta, teriam “passado a perna” nele evitando pagar o que ele merecia.

Agora, Dan Dymtrow está movendo o processo alegando merecer de 5% à 10% de comissão de toda a fortuna que Taylor arrecadou depois de famosa.

O processo está tendo continuidade no fórum de Nova York.

Fonte





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up