Taylor Swift fala em entrevista ao Yahoo! Music, sobre suas duas músicas que estão na trilha sonora do filme Jogos Vorazes (The Hunger Games), Safe and Sound e Eyes Open. Confira:

Caso a trilha sonora de Jogos Vorazes de jogos tivesse seu próprio arco e flecha, ele teria que ser Taylor Swift, cuja surpresa participação no projeto, levantou seu próximo álbum a outro nível de visibilidade e potencial comercial.
Nesta entrevista exclusiva com o Yahoo!Music, ela fala sobre o que pensou sobre o único não-tão-tipicamente-swiftiano primeiro single, “Safe & Sound”, que teve a colaboração de The Civil Wars e do produtor da trilha sonora, T Bone Burnett… e também a segunda música que ela contribuiu para o projeto, “Eyes Open”, que os fãs vão ouvir quando o álbum chegar às lojas no dia 20 de março.

YAHOO!: “Eyes Open” acabou por ser uma música muito mais alta e mais épica do que “Safe and Sound”. Foi definitivamente uma surpresa, a primeira música era tão calma, e talvez agora parece surpreendente que a outra canção não seja. Você desejou andar através de dois belos e diferentes estilos com as duas contribuições para a trilha sonora?

SWIFT: “Eyes Open” e “Safe & Sound” são duas músicas que eu queria que representasse relações diferentes da história. Para mim, “Safe & Sound” representa a empatia e compaixão que Katniss sente por Rue, Peeta, e Prim em diferentes partes do livro. “Eyes Open” é mais uma representação da relação de Katniss com a Capitol. Ela sabe que não pode confiar em ninguém no governo, e é por isso que eu queria a música para se sentir mais frenética, como o som de ser caçado ou perseguido.

YAHOO!: Como foi entrar na mente de Katniss para escrever estas duas músicas diferentes de, digamos, entrar na mente de Taylor Swift? Será que essas mentalidades se sentem perto o suficiente para o conforto, mesmo que você não esteja correndo pela sua vida em uma disputa futurista?

SWIFT: Eu realmente gostei de escrever em sua visão. Eu escrevo tão pessoal e tão autobiográfico na maior parte do tempo, então foi realmente refrescante me colocar no lugar de outra pessoa e tirar dela suas emoções, em vez de minhas próprias. O mundo de Katniss, as motivações e as prioridades são diferentes da minha. Eu gostei de focar em emoções humanas básicas como a compaixão e o medo, porque isso é tudo que você tem quando você está simplesmente tentando sobreviver.

YAHOO!: Tem sido divertido ver você e o The Civil Wars numa espécie de mesmo círculo, com fãs em comum, finalmente, surpreendendo a todos e trabalhando juntos. Como foi colaborar com alguém que você admira assim e que é tão estilisticamente diferente do que você costuma fazer?

SWIFT: Eu realmente amei escrever com The Civil Wars, porque eu sou uma grande fã do trabalho deles. Eu estou sempre tentando aprender com as pessoas que eu admiro. Uma das coisas mais impressionantes que eu já vi, foi estar gravando a música depois que tínhamos escrito, e vendo Joy e JP com essas harmonias tão complexas em questão de minutos. Eles estão tanto em sincronia musical, era como assistir a um par de gêmeos falar uma linguagem secreta. Eu acho que “Safe& Sound” é diferente de tudo que eu já fiz parte antes, e estou muito orgulhosa disso.

YAHOO!: Você e T Bone são duas das minhas pessoas favoritas na música, e eu esperava que vocês dois trabalhassem juntos um dia, ou algum ano, mas não tão cedo, já que ele é mais conhecido por trabalhar com artistas que estão em décadas de carreiras.

SWIFT: Obrigado! Uma das minhas coisas favoritas em relação ao T Bone é a sua tranquilidade e confiança de que a música só vai acontecer se você colocar os músicos certos em uma sala juntos. Ele não traz qualquer nível de estresse, e ele não pensa demais sobre a produção de uma canção. Ele coloca a música em primeiro plano e deixa todo o resto existir em torno dele. Ele facilita as coisas que vêm junto.

YAHOO!: Olhando para a lista de músicas do álbum Jogos Vorazes, que quase se parece com a programação para uma premiação norte-americana, não a trilha sonora que você esperaria de um blockbuster. O que você pensa sobre muitas das músicas que estão sendo acústicas e reflexivas – como “Safe & Sound” – realmente definirem o tom e não necessariamente o que as pessoas esperam de acompanhamento de um suspense de ação jovem-adulto?

SWIFT: Uma das razões para eu querer fazer parte desta trilha sonora é que as pessoas encarregadas de colocá-las neste filme são obcecadas por fazer a música coincidir com o tom do filme e as emoções expressas no livro. Eles estão apaixonados pelos personagens e já pensaram em cada detalhe que tenha ido para este filme. Quando eu conheci as pessoas da Lionsgatee e T Bone, eles disseram, “Nós estamos tentando fazer uma música que reflete o que ‘Appalachian’ vai soar tipo em 300 anos.” Essa autenticidade, era por causa disso que eu queria escrever uma música para essa trilha sonora.

Fonte: Yahoo!
Tradução e adaptação: Louise – Equipe TSBR





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up