instyle1

Como informamos anteriormente, Taylor Swift é o destaque da nova edição da revista americana InStyle. A entrevista concedida por Taylor à publicação está muito interessante, confira abaixo traduzida, com os scans logo em seguida:

Cheia da fascinação de uma platéia de com 55 mil pessoas, essa foi Taylor Swift no Gillete Stadium, sul de Boston. Ela está usando um vestido vermelho modesto com uma saia justa. A cantora me abraça e então gira no ar para confortar minha prima de 20 anos de idade. Elas estão conectadas instantaneamente. Ela agradece Swift por seu álbum de 2008, Fearless, que a deu estrutura durante sua experiência no ensino médio – e também o fez com outros milhões de fãs que se chamam de Swifties.

A cantora tem uma harmonia com sua audiência muito funda e genuína, no entanto, com a idade que agora Swift tem (23) e sua platéia jovem e devota que só aumenta, fãs sempre com relacionamento necessariamente problemático. Elas costumavam ser o clichê das namoradas de ensino médio, modelo que ela (Taylor) nunca foi; agora a cantora cresceu para o tipo de tudo, como uma irmã mais velha que nos dá avisos sobre nossos encontros em suas músicas de corações partidos. Depois de uns minutos a cantora se permite visitar o Club Red, uma sala vermelha e branca abaixo do palco, onde os fãs aleatórios tirados da platéia podem conhecer a sete vezes vencedora do Grammy.

Swift me encontra no mesmo local na noite seguinte, sem os fãs. Em um aceno ao seu amor pelo estilo retrô, o espaço é decorado como em um almoço à moda dos anos 50. De onde estamos, podemos ver seus figurinos das turnês passadas guardados em caixas de vidro, mas estou muito ocupado estudando-a para pensar nas roupas agora. O mais impressionante sobre ela é que ela não se parece com a marca Taylor Swift, a superstar nos anúncios para três fragrâncias ou contratos publicitários com a American Greetings, Coca-Cola e Keds. A nativa da Pensilvânia é mais linda e delicada em pessoa, sofisticada em shorts de cintura alto pretos, uma camisa de riscas oxford e sapatilhas de gatinho. Seu cabelo em camadas emoldura o rosto e franja caída nos cílios que flui perfeitamente no ambiente quando ela tira da testa.

Baseado nas músicas confessionais e os discursos de agradecimento OMG nas premiações, você espera que a cantora seja sentimental e risonha e nada além das camisetas fofinhas e peludas que seus fãs usam. Mas nesses dias ela é serena e séria, como alguém que faz muito yoga – Swift admite que antes de entrar nas arenas de tour, seu exercício rotineiro primário consiste em fazer paddle boarding e nadar na sua casa em Watch Hill (ela também tem casas em Los Angeles e Nashville).

Claramente, Swift chegou no topo no momento certo. “É o tempo perfeito em nossa cultura para ter alguém [aos olhos do público] que tem uma feminilidade na maneira como se apresenta,” aponta Carly Simon, a convidada surpresa para o show de hoje. Em canções como “You’re So Vain,” a pioneira dos anos 70 desenhou a base para que artistas como Swift documentassem a vida interior emocional de uma jovem mulher (e fazer letras com relacionamentos). Tendo parado por lá para um ensaio, Simon diz sobre Swift, “A música dela combina perfeitamente com seu estilo.”

E enquanto Swift é infalivelmente doce e educada, ela dominou a arte de graciosamente se afastar de tópicos que não quer comentar, como o implacável escrutínio de namorados conhecidos (que incluírem Jake Gyllenhaal, Joe Jonas, Connor Kennedy, John Mayer, e Harry Styles – posso sentir os olhos azuis dela me perfurando de longe enquanto eu os listo). Mesmo assim, a sinceridade de Swift leva a melhor algumas vezes, e ela se permite revelar petiscos através de seus lábios vermelhos de pin up. Ouça.

Red, tanto o álbum como a turnê, parece mais sexy do que o habitual para você. É um reflexo de sua maturidade?
Isso nunca foi uma prioridade pra mim, tentar ser sexy, e  acho que crescer é algo que você deve fazer de forma gradual.  Algumas pessoas pulam etapas, e é escolha delas, na carreira, se querem seguir esse caminho.

Você sente alguma diferença entre cantar em um show e cantar em uma premiação?
U-hum. Se você escorregar e cair no palco em seu show, os fãs vão rir com você. Eles vão colocar no YouTube – mas vai ser como uma piada em que estamos todos juntos. Eles não estavam esperando que eu caísse. Mas em uma premiação você sabe que existem pelo menos algumas pessoas pensando, Cai! cai! cai!

Quando você está em turnê, como faz pra ver seus amigos, como Selena Gomez e Emma Stone?

Alguns amigos eu vejo com mais frequência do que outros. Alguns deles estão filmando em algum set na França. Lena Dunham é boa de permanecer em contato, mesmo que esteja filmando Girls, tipo, umas 40 mil horas por dia. Ela sempre consegue arrumar algumas horas para vir me visitar.

Espere, como você a conheceu?
No Twitter. (risos) Nós seguimos uma a outra, ela me enviou uma DM e se tornou uma admiração mútua. Eu amo o que ela faz com a sua escrita, e ela escuta a minha música. Ficou então evidente que somos muito parecidas. Muito parecidas. Sinto que eu posso contar qualquer coisa pra ela. Ela é a mais mente aberta de todos os meus amigos. Se eu cometesse um grande erro, acho que seria Lena a quem eu iria contar.

Você tem amigos homens?

Sim. Estou começando a fazer isso agora. Ed (Sheeran, seu companheiro na turnê) e eu somos bons amigos. Eu nunca tive um amigo homem tão próximo assim. É sempre um pouco assustador, pois em uma situação amigo homem-amiga mulher geralmente se sente que uma pessoa sempre quer mais. Esse não é o caso aqui.

Você tem certeza?
Ter amigos homens é importante. Mas eu sempre lhes dou um aviso: Se você quiser ser meu amigo, saiba que as pessoas vão dizer que estamos namorando.

Então, o que você acha que você aprendeu sobre o amor e relacionamentos nos últimos anos?

Você pode conhecer pessoas interessantes. E às vezes, depois de dois encontros você sabe que não é a pessoa certa, e você se apaixona por ela de qualquer maneira. Uma coisa que eu aprendi e de que estou orgulhosa – rufem os tambores, por favor – é quando se afastar. Eu tive alguns relacionamentos curtos pois soube quando fazer isso.

O que você procura em um homem tem mudado?

Eu acho que precisa mudar. (risos) Acho que preciso ficar por fora por um tempo pra que possa mudar. Meus amigos me provocam sobre o fato de que, se alguém parece ruim ou misterioso ou que tem um segredo, eu o acho incrivelmente interessante. Essa foi apenas uma fase qual passei recentemente. Não acho que eu deva proceder dessa forma na vida. É importante ser auto-consciente sobre essas coisas, pois você não quer acabar com esse cara.

Agora vamos falar sobre o seu estilo.
Eu gosto de ter coisas que lembram as minhas inspirações, como Grace Kelly, Audrey Hepburn, e Françoise Hardy. Meu look favorito esses dias é uma calça de equitação com essas camisas oxford.

De que designers você tem gostado mais?
Elie Saab é realmente dos sonhos, e Ralph Lauren. Eu gosto dos suéteres de casimira da Ralph Lauren. Eu faço compras em muitas lojas vintage, e eu amo lojas como Anthropologie e Urban Outfitters. Eu sinto que eles acertam nos padrões.

Que tipo de look faz você se sentir melhor?
Eu me sinto mais confiante quando uso batom vermelho. Agora, eu estou usando o Aqua Rouge No. 8 da Make Up For Ever. Este tem dois lados – Um lado é um gloss, e o outro é um lip stain.

Você acha que é mais confiante agora do que antes?
Sim e não. Quando eu tinha 16 anos, eu costumava visitar sites online e ler todos os comentários sobre mim. Todas as páginas, todos os artigos. Agora, eu sou mais segura sobre o que eu escolho para mim. Quando eu fiquei mais velha, percebi que eu não sou esse tipo de pessoa que, quando ler algo ruim, irá desmentir ou não deixar que chegue até mim.

Mas você consegue ser confiante se for preciso?
Estar certa, provar algo ou confrontar alguém que feriu meus sentimentos não importa para mim. Eu prefiro deixar eles tirarem suas próprias conclusões sobre mim e, mais tarde, se arrependerem por isso. Seja isso tão banal quanto pareça, eu tento ser uma dama. Algumas pessoas amam ir até você, dizer algo malcriado, e ir embora antes que você responda. Eu não estou citando nomes. Existem garotas por aí que gostam de fazer isso com outras garotas.

Tomando como base as letras de suas músicas, parece que você você guarda alguns rancores. Escrever é uma maneira de se livrar disso?
Rancor é como carregar alguém em seu ombro. Se você carregar muitas pessoas, não será capaz de andar – vai ficar muito pesado.

Você tem alguma insegurança?
Sim! Sobre quase tudo. [risos] Cada parte de mim já foi dissecada, em algum ponto, por um escritor de um blog ou uma garota de 14 anos em um comentário que diz algo terrível. Ou alguém na escola que aponta para você e diz “Você tem olhos pequenos!”

Tem algo que você queira mudar sobre você mesma?
Não. Eu sou meio que feliz sendo insegura.

Quando você está em um relacionamento, essas inseguranças se agravam?
Eu não estive em um por um bom tempo, então eu não me lembro. Eu gosto de pensar que, se você está com a pessoa certa, você se sente bem sobre coisas que você nunca havia se sentido bem antes. Bem, foi isso o que eu ouvi sobre como deveria ser. Eu não saberia.

Você nunca ficou apaixonada?
Eu não sei. Eu acho que você pode amar as pessoas sem estar apaixonada. Ed disse algo que realmente me marcou. Ele disse que existem tipos diferentes de amor: tem a atração física, atração mental, e a atração emocional; existe também o conforto e a obsessão. Você precisa ter todas essas coisas em uma pessoa. Você tem que respeitá-la mentalmente, estar atraído fisicamente, e ter um nível de conforto. Você está obcecada por essa pessoa e sabe que ela está aqui para ficar. Eu nunca tive isso em uma pessoa.

Você acha que vai ser mais difícil escrever músicas boas quando estiver decidida e feliz?
Eu me preocupo com isso. Felicidade traz contentamento, o que traz poucas fontes de pesquisa, o que traz poucos milagres. Eu já pensei sobre isso, e eu já fiquei assustada sobre isso por um bom tempo. Vamos ver!

Tradução e Adaptação: Airton, Ana Luiza, Carolina e Daniel – Equipe TSBR

001.jpg 002.jpg 003.jpg 006.jpg 012.jpg





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up