22 de março de 13 Autor: Taylor Swift Brasil
Culturaylor: RED Tour

Sejam muito bem vindos ao ÚLTIMO CULTURAYLOR DO ANO!  Como tudo que é bom sempre tem um fim à temporada deste ano está acabando, mas não fiquem com saudades, pois no verão do ano que vem estaremos de volta!

E o tema que iremos abordar esta semana não poderia ser mais especial.

Como todos sabem, no dia 13 deste mês aconteceu o primeiro show da nova turnê de Taylor Swift, a RED Tour. Com direito a cover, participações especiais e músicas antigas, Taylor vem surpreendo o público a cada nova apresentação.

E não foi apenas seu estilo musical que evoluiu, seus shows também passaram por uma grande transformação e já podemos dizer que esta é sem dúvida alguma a maior turnê da carreira da cantora até agora.

Em seu show de estreia Taylor cantou os grandes sucessos de seu mais recente álbum RED, mas obviamente não deixou de fora os clássicos como “Mean”, “Love Story” e “You Belong With Me”.

Durante sua performance em “Stay, Stay, Stay” Taylor fez um cover da música “Ho Hey” da banda folk The Lumineers e ainda voou sobre o público em “Sparks Fly”. Ainda tivemos o inesquecível solo de violino de Caitlin Evanson na abertura de “I Knew You Were Trouble“ que por sinal foi muito similar a que vimos no BRIT Awards que aconteceu no mês passado. Já em “22”, a cantora se apresentou em um segundo palco localizado no lado oposto do estádio e Taylor atravessou uma multidão de fãs para chegar até ele.

Taylor também dedicou um espaço de seu show para fazer algumas performances mais acústicas como foi o caso de “I Almost Do” e “All Too Well”. E os duetos também não ficaram de fora.

Em seu show de estreia a cantora dividiu o palco com Ed Sheeran em “Everything Has Changed” levando o público a loucura e em seu mais recente show Taylor dividiu o palco com Nelly cantando um dos mais recentes sucessos do rapper, “Hey Porsche”.

Mas para quem pensa que as surpresas terminaram por aqui está redondamente enganado.

Em seu segundo show Taylor manteve o setlist original, mas também deu seu toque especial e surpreendendo a todos fez uma versão acústica de White Horse, música que não cantava desde 2010.

Após a mudança todos ficaram ansiosos para saber o que poderiam esperar do terceiro show da turnê e foi em St. Louis, Missouri que Taylor fez todos enlouquecerem cantando dois antigos e inesquecíveis sucessos de sua carreira, “Should’ve Said No” e Cold As Youambas de seu primeiro álbum sendo que a segunda foi cantada em seu segundo show na cidade.

Um dos assuntos mais comentados foi o fato de Taylor não ter subido ao palco com seu tradicional 13 na mão e com seu arm lyrics que para a alegria de todos e felicidade geral da nação está de volta. No show do dia 19, Taylor apareceu com um trecho de “Holy Ground” escrito em seu braço “(… And I see your face in every crowd)”. Para quem não se lembra, o arm lyrics se tornou famosos desde a Speak Now Tour e acabou se tornando uma tradição mantida por Taylor e por seus fãs. Mas como nem tudo é perfeito, Taylor também deixou algumas músicas muito amadas pelo público de fora da setlist do show, como foi o caso de “The Last Time”, “Come BackBe Here”, e “The Moment I Knew”, sendo as duas últimas do Red Deluxe. Eu particularmente não me conformo até agora por ela ter deixado Starlight de fora do setlist, mas abafa o caso.

Mas a mudança não pode ser vista apenas no setlist do show ou nas tradições que ela continua mantendo, mas também em seu cabelo.

Taylor está com os cabelos mais cacheados, embora ainda continue com a franja. Será que ela está com saudade dos velhos tempos?

E outra pergunta também fica no ar, o que podemos esperar dos próximos shows da turnê e quais surpresas virão por ai?

Com todos esses acontecimentos é quase impossível não sonhar com uma turnê de Taylor em terras brasileiras. Durante sua vinda no ano passado a cantora disse que voltaria mas por enquanto não há nada confirmado.Vale lembrar que recentemente datas e informações de uma futura turnê da cantora no Brasil foram liberadas porém NÃO SÃO VERDADEIRAS. Por isso, não acredite em tudo que lê por ai.

 

Mas como sonhar não é pecado o Taylor Swift Brasil quer saber: O que VOCÊ gostaria de ver em um futuro show da nossa loirinha no Brasil?





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up