Enquanto a Fórmula 1 vem sofrendo para atrair público em algumas de suas etapas mais tradicionais que têm tido uma tendência de queda no número de torcedores, o GrandPrix dos Estados Unidos bateu recorde em sua quinta edição em Austin, Texas, no mês passado com um total de 269,9 mil pagantes durante o final de semana.

Para Toto Wolff, chefe da Mercedes e um dos organizadores do evento, isso é explicado pela maior atração do evento que ficou por conta do show único de Taylor Swift.

“Tivemos corridas muito boas para a Fórmula 1. Em Austin, o número de torcedores foi ótimo e tudo o que foi organizado ao redor da prova foi espetacular, com muitas coisas inovadoras para entreter os torcedores. Se Taylor Swift é a resposta, então tragamos a Taylor Swift!”, disse Toto. “Se a Fórmula 1 não é mais a única atração, então temos de adicionar outras.”

Para ele, não há nenhum problema em reconhecer que a corrida em si não é mais a atração principal do evento.

Créditos: Uol.com.br





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up