Escrito por Daniel em 22 de agosto de 2017

BILLBOARD: “A simbologia entre Taylor Swift e a cobra”

Com o comeback de Taylor cada vez próximo, os veículos começam a especular sobre os detalhes de seu retorno aos holofotes. A Billboard deu foco ao recente teaser, mostrando o rabo do que parece ser uma serpente. Estaria Taylor adotando o símbolo do que um dia foi usado para difamá-la e utilizando a simbologia da cobra como mártir para seu novo single?

Confira a tradução abaixo:

A HISTÓRIA ENTRE TAYLOR SWIFT E A COBRA

Houve uma época em que Taylor Swift era mais conhecida por seus hits e, sim, seus relacionamentos (e términos) amorosos fortemente midiáticos. Mas nesta segunda (21), fãs da música pop irão associar sua imagem a outro elemento: a serpente.

Esta não é a primeira vez que Taylor Swift é relacionada ao réptil. A comparação com a cobra, particularmente em forma de emoji, começou a circundar a vida de Swift no meio do ano passado. O que quer que venha daqui para frente, vamos relembrar a relação de Swift com a criatura rastejante.

O surgimento: Taylor Swift vs. Calvin Harris

A treta que começou com tudo. Swift e o dj escocês Calvin Harris namoraram por um ano e meio, mas anunciaram o término da relação em junho de 2016. O fim do namoro veio meses depois de Harris lançar sua música com colaboração de Rihanna, intitulada “This Is What You Came For”. Em julho do mesmo ano, a equipe de Swift foi a público para anunciar que Taylor havia co-escrito a música sob o pseudônimo de Nils Sjöberg. Harris respondeu a declaração com tweets em cadeia (agora excluídos), dizendo que Swift havia aceitado utilizar o pseudônimo para manter sua participação em segredo para que a relação de ambos não roubasse a atenção da canção.

Nos tweets, Harris dizia “Eu escrevi a música, produzi, fiz os arranjos e coloquei os vocais. Foi ela quem quis manter segredo, por isso o pseudônimo. Ela também canta um trecho do refrão, é uma compositora incrível e arrasou na música, como sempre“. Ele não parou por aí, continuando com “Triste para mim saber, nesta altura do campeonato, que ela e sua equipe foram tão longe para fazer com que EU parecesse má pessoa. Eu sei que você [Taylor] está fora dos palcos e precisa de alguém para tentar queimar como fez com a Katy e outros, ma não vou ser essa pessoa, desculpe. Não vou permitir”.

Como consequência, as primeiras manifestações do emoji de cobra começaram a surgir nas redes sociais de Taylor, mais notavelmente em seu Instagram (de onde ela excluiu absolutamente tudo na última semana). Meses depois de toda a confusão, Calvin Harris deu uma entrevista dizendo que sentia muito pelo ocorrido e que escreveu tudo por conta da pressão que sofria da mídia em relação ao seu relacionamento com Taylor.

O desenvolvimento: Taylor vs. Kim Kardashian e Kanye West

Aqui está a briga que solidificou a imagem de Taylor como cobra: “Famous”, o single carro-chefe do sétimo álbum de Kanye West, “The Life of Pablo”, contém o polêmico verso “Para todos os caras do sul que conhecem o meu melhor/ Eu sinto como se eu e Taylor talvez ainda façamos sexo/ Eu diz aquela vadia famosa.” Enquanto os amigos de Swift responderam a letra, sua assessoria afirmou que Taylor ter avisou Kanye sobre “lançar uma música com uma mensagem misógina” e jamais ter aprovado ser mencionada como “vadia”.

Mas a mulher de West, Kim Kardashian, tomou o Twitter para contar uma história — justamente no Dia Nacional da Cobra (17 de Julho nos Estados Unidos). Kardashian também alertou seus seguidores para verem seu Snapchat, onde ela havia postado um vídeo em que gravou a conversa de Kanye com Swift. O vídeo aparentemente mostra Taylor dando o aval verbal para que Kanye a mencionasse na canção.

O emoji da cobra começou a aparecer com toda a força nas redes sociais de Swift, com haters floodando suas redes sociais milhares de vezes por dia. Swift, ainda assim, não aprovou o trecho “Eu fiz aquela vadia famosa”, e defendeu-se usando tal argumento [em um tweet que também foi apagado por ela ou sua equipe na última semana, assim como todo o conteúdo publicado em suas redes sociais até então] e dizendo que o vídeo no Snapchat foi um “assassinado de figura”, além de reiterar seu posicionamento inicial.

De qualquer forma, a comparação com a cobra pegou.

O desaparecimento: Com o tempo, o emoji é esquecido

Tão rápido como surgiu, o emoji de cobra começou a desaparecer das mídias sociais da cantora. Esse desaparecimento massivo ocorreu em função de uma ferramenta anunciada pelo CEO do Instagram, Kevin Systrom, que revelou à Wired que celebridades agora podem deletar rapidamente o flood de palavras e emojis em suas fotos. Segundo ele, os emojis de cobra foram deletados das fotos de Taylor pela própria equipe do Instagram enquanto eles ainda testavam a função, em setembro de 2016.

Para todas as intenções e propósitos, Swift nunca tentou desassociar a própria imagem do emoji de cobra — nem mesmo fazer com que seu feed não “se parecesse com o Centro de Tratamento de Répteis do Zoológico Nacional”, segundo o escritor da Wired, Nicholas Thompson, o descreveu.

O renascimento: Swift ressurge com a cobra

Na sexta-feira, Swift chocou os fãs não deletando somente as cobras que haviam restado, mas todo o conteúdo de suas redes sociais. A estrela deletou suas fotos e capas de perfil do Facebook e Twitter, além de deletar seus posts nestas redes sociais e no Tumblr e Instagram. Seu website se tornou uma página preta.

Os fãs de Swift começaram a especular que esta era a maneira dela avisar ao mundo que algo — mais especificamente, seu sexto álbum de estúdio — estava se aproximando, enquanto outros diziam que esta era somente a forma de Taylor continuar com o descanso de sua imagem após o julgamento que condenou seu assediador sexual no início da semana passada. Nesta segunda (21), os fãs finalmente tiveram a resposta quando Swift postou um curto vídeo em seu Instagram, mostrando o que parece ser uma cobra chacoalhando o rabo. Swift poderia finalmente estar se autoproclamando uma serpente e abraçando este símbolo como seu renascimento de imagem e carreira?

Qualquer que seja a resposta, a saga de Swift e a cobra certamente continuará.

Teremos que aguardar mais alguns dias para saber sobre o que se trata o teaser e, obviamente, a suposta cobra!

O novo single de Taylor Swift, ainda sem título anunciado, pode ser lançado na próxima sexta-feira (25). Permaneça ligado no TSBR para saber de todas as novidades!

Fonte.

  • G Factor

    Eu não acredito que Taylor Swift inventou o marketing

  • Dimitri Valentim

    se vc não acreditava meu amigo, comece então, pq ela é a dona do marketing.

  • × Liansey ツ

    Não, querido. Haha, Ela não fez nem faz tudo ou pensa em tudo sozinha. De certo que, os anos passam e ela vai aprendendo e pegando experiência, só que ela é também o rosto expondo a ideia de VÁRIAS pessoas que trabalharam juntas, para fazer isso tido acontecer. Nenhum artista planeja NADA sozinho. Ela tem uma equipe muito bem preparada, criativa e entendedora desses assuntos para agirem de forma impecável usando a imagem dela.

  • Victor Alves

    Meu Deus que dona do mundo