Um grupo de ativistas gays dos Estados Unidos fez uma paródia do clipe de “Bad Blood”, intitulada “Sad Studs”, para chamar a atenção para uma causa importante na comunidade LGBT, a doação de sangue.

O motivo da campanha é chamar atenção para o preconceito existente em que homossexuais são proibidos de doarem sangue a menos que estejam abstinentes de sexo há pelo menos 12 meses, por ainda serem considerados um “grupo de risco”.

“Eu acho essa causa muito importante, pois [nessa questão] a política é completamente desigual. Uma mulher heterossexual pode abusar de remédios, cigarro, álcool, nunca ter feito um exame de HIV, ter feito sexo sem preservativo com caras diferentes a cada noite, e ainda assim doar sangue”, disse Jack Wilson, um dos diretores do vídeo.“Mas um homem gay saudável que tenha feito apenas sexo oral com outro homem há meses, e tenha feito três exames de HIV desde então, não pode doar. Não há justificação científica para essa política. É uma discriminação”, completou.

Confira a paródia no vídeo abaixo:

A campanha contou até mesmo com os famosos pôsteres promocionais de cada personagem, assim como Taylor fez para divulgar o single.

Jack diz ser um grande fã de Taylor desde o início de sua carreira e que sua música favorita é provavelmente “Fifteen”.

“Eu amo a Taylor. Amo o quão incrível ela é pros seus fãs. Quer dizer, aquele vídeo em que ela deu presentes de Natal pros fãs no ano passado?! Eu não chorei tanto desde um comercial do Google em que um cara pensa que perdeu umas fotos de seus bebês, mas depois percebe que não por elas estarem no Google Cloud!”

 





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up