Na edição de Junho da revista Glamour do Reino Unido, Taylor Swift fez uma lista das 10 mulheres que mudaram a vida dela. A loira citou diversas amigas e também a sua mãe, confira a lista (sem ordem específica):

Lorde
Tornar-me amiga de Ella (nome de batismo de Lorde) foi como ganhar uma nova irmã. Se eu estou com dúvidas sobre algo e preciso de uma resposta direta, Ella é a primeira para qual ligarei. Com ela não há complicações. É sim ou não, certo ou errado, isso ou aquilo. A vida é tão mais fácil quando você tem uma amiga que é direta. E ela é tão inteligente, os conselhos surtem efeito.

Karlie Kloss
Karlie é como um raio de luz e qualquer pessoa que a conhecesse diria isso. Ela pensa em todos antes de pensar nela mesma. Ela tenta fazer com que todos ao seu redor sejam melhores e mais fortes. Ela compra presentes aleatórios e vai na sua casa apenas para dizer oi e dar um abraço. Ela tem muitas coisas para lidar e eu nunca vi alguém fazê-las tão graciosamente, ao mesmo tempo em que se coloca em último na lista de prioridades.

Ina Garten
O que eu gosto de fazer quando estou em casa depois de fazer turnê é relaxar com um dos episódios de Barefoot Contessa de Ina. Ina mostra a você não apenas como cozinhar, mas como receber seus convidados. Ela mostra como ela, sem esforços, divertes os amigos. Pessoas que vivem vidas bonitas me inspiram a preencher a minha vida com beleza.

Faith Hill
Faith é uma das minhas cantoras preferidas porque ela mostra tantos lados de si mesma. Ela é glamurosa, mas emotiva. Ela é peculiar, mas elegante. Ela é deslumbrante, mas sempre muito humilde. Quando eu comecei a lançar álbuns, ela foi uma das primeiras mulheres a conversar comigo e me fazer sentir como uma amiga do mundo da música. Eu nunca esquecerei isso e tentarei tratar os novos artistas do jeito que ela me tratou.

Minha mãe
Olhando para minha infância, antes das inseguranças da pré-adolescência e dos cochichos nos corredores da escola causarem dúvidas e inseguranças em minha mente jovem e impressionável, quando eu era apenas uma garota de cabelos cacheados correndo em roupas que não combinavam em uma fazenda durante todo o dia – há muito tempo mesmo – as coisas que eu lembro de sentir sobre mim mesma eram as coisas que minha mãe me dizia sempre. Eu era especial. Eu era inteligente. Não havia ninguém como eu. Eu era diferente de todos no mundo. Eu não era estranha, eu só tinha uma imaginação fértil. Eu não era estranha, eu era criativa. Ela estava orgulhosa de mim. Ela não queria estar em outro lugar a não ser ao meu lado. Quando eu cresci, as primeiras coisas que me fizeram questionar essas ideias eram os valentões e as meninas malvadas da turma. Todos os dias, eu fui para casa arrasada e minha mãe me lembrava que eles estavam errados. Às vezes eu revirava os olhos e zombava da opinião dela, mas sempre havia uma confiança serena dentro de mim que não iria deixar que as pessoas e as suas palavras mesquinhas me derrotassem. Desde então, mudou dos valentões no pátio da escola para os tabloides. Nunca vai ser indolor quando as pessoas dizem coisas sobre você que não são verdadeiras, ou tentam fazer você se sentir inútil. Mas eu tive a sorte de ter uma mãe que me armou com as únicas armas que eu realmente preciso para combater a crueldade deste mundo: palavras.

Lily Aldridge
Lily foi minha primeira amiga próxima a se casar e ter filhos, e é tão inspirador vê-la criar sua filhinha, Dixie. Ela consegue ter uma das carreiras mais movimentadas e ainda sim ser a melhor amiga de sua filha, mãe coruja, e companhia constante. Eu olho para ela e vejo a melhor das hipóteses para mim quando eu tiver um filho.

Lena Dunham
Apenas conhecer Lena mudou a minha ideia de como é uma mulher de sucesso em filmes. Ela é aconchegante, acessível e completamente neutralizadora. Ela é emotiva e brincalhona, ao mesmo tempo em que dirige um set de filmagens com diversas pessoas e escreve um dos programas mais emocionantes e inteligentes que retratam a vida das jovens mulheres. Lição: mulheres poderosas não precisam ser frias ou agirem como homens para fazer as coisas. Mulheres poderosas podem adorar dar abraços e colocar o nome do seu cachorro de Lamby e fazer coroa de flores em seu tempo livre.

Este, Alana e Danielle Haim
Eu nunca tive irmãs e sempre me perguntei como seria se tivesse. Logo depois de conhecer as irmãs Haim, comecei a sentir como se tivesse. Elas imediatamente me fizeram sentir como uma delas e, pouco tempo depois, eram saídas diárias, grupos de mensagens e férias juntas. A vida é tão mais divertida em uma irmandade”

  





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up