14 de fevereiro de 11 Autor: Airton
Adam Young faz novo post para Taylor em seu blog

Depois de ter divulgado seu cover-resposta de “Enchanted” para Taylor, Adam Young, vocalista do Owl City, divulgou hoje em seu blog pessoal mais um post totalmente dedicado à ela e meio que explicando o motivo de ele ter feito o cover-resposta. Leia o post completo e traduzido:

Querida Taylor,

Em uma noite azul escura do último outubro, eu esperei impacientemente até que o relógio desse meia noite e então prontamente comprei o novo cd da Taylor Swift no iTunes. Eu coloquei pra tocar na cozinha, o toquei no carro, toquei no estúdio, toquei nos voos para o Japão e na volta; Eu não podia evitar isso. Speak Now foi o indisputável líder do meu “top 5” de gravações de 2010, o que é meio irônico porque os outros quatro eram trabalhos experimentais abstratos/post-rock/ambientais.

Sempre amei decodificar as pequenas mensagens escondidas nas faixas de Taylor, então naturalmente, no dia que Speak Now saiu, eu toquei ele inteiro do inicio ao fim enquanto adicionava as letras maiúsculas para cada cada letra das músicas.

Quando a faixa 8 terminou e mudou para a 9 (uma sufocante canção chamada Enchanted e uma das minhas favoritas de todo o álbum), alguma coisa começou a soar “familiar”.

Eu não conseguia descobrir o que era. Por que a música parecia tão pessoal? Por que aquilo estava me lembrando alguma coisa? Talvez fosse só por causa da palavra “wonderstruck” (perplexa) que realmente tocou uma doce nota, mas antes que o segundo refrão começasse eu já tinha juntado as letras:

A-D-A

E então aquilo me atingiu como um trem desgovernado. Eu nem precisei achar a última letra “M”. Um redemoinho colorido de memórias apareceu na minha frente quando tudo se juntou. Meu queixo atingiu o chão.

A música é absolutamente maravilhosa e fiquei tremendamende honrado de que Taylor escreveria uma música tão elegante e terrivelmente oferecia um aceno gracioso em minha direção. Sem precisar dizer nada, eu estava sem palavras e eu estava totalmente derrotado. Eu não conseguia parar de sorrir.

Decidi que um gesto tão eloquente deveria ser reciproco por uma resposta mais educada, carinhosa e respeitosa que eu poderia conseguia pensar. Não é segredo que eu sou meio tímido, então naturalmente a música era a forma mais articulada de tentar um tão sincero gesto. Como alguém responde a um desabafo pessoal de emoções e sentimentos? Eu pensei e escolhi esta situação.

Dizem que o “tempo” é tudo e isso nos traz até aqui.

Hoje é o Dia dos Namorados.

E portanto, aqui está a minha resposta.





Twitter do site

Facebook do site

Scroll Up