A América ama Taylor: ‘Lover’, de Swift, marca a melhor semana de estreia em anos para um álbum
03/09/2019
A América ama Taylor: ‘Lover’, de Swift, marca a melhor semana de estreia em anos para um álbum

À essa altura de sua carreira, não é mais surpreendente quando Taylor emplaca outro álbum nº1. Ao invés disso, todos os olhares se voltam para quantas unidades ela consegue quando entrega um novo projeto, já que a antiga cantora country continua com algumas das vendas mais consistentes da indústria (uma das únicas artistas que ainda consegue vender no geral, pra ser honesto).

O novo álbum de Swift, Lover, aterrisa no topo da Billboard 200 graças a uma gigantesca primeira semana. Em apenas sete dias, o disco movimentou 867.000 unidades equivalentes, e dessa soma, 679.000 foram vendas puras.

Lover é o sexto álbum nº1 de Swift na Billboard 200, e o sexto em sequência. O projeto segue os passos de Fearless (2008), Speak Now (2010), Red (2012), 1989 (2014) e, mais recentemente, Reputation (2017). Apenas o auto-intitulado álbum de estreia da cantora e compositora não atingiu a marca, chegando à quinta posição em 2006.

Swift introduziu a era Lover (e se algum músico ainda adere ao conceito de eras em uma carreira, é ela) no fim de Abril, com o açucarado single “Me!”, que tem participação de Brendon Urie do Panic! At The Disco. A faixa estreou na 100ª posição, e depois subiu para a 2ª. Em seguida, lançou uma possível candidata à hino gay: “You Need To Calm Down”, que também sofreu o mesmo destino, ocupando uma tímida posição de distância de dominar o abrangente ranking de músicas. Tanto “Me!” quanto “You Need To Calm Down” foram impedidas de reinar pela imparável “Old Town Road”.

Até agora, “Lover”, o terceiro single de Lover, alcançou o número 19, tornando-se rapidamente mais um top 20 para a cantora. Uma faixa promocional chamada “The Archer” chegou ao nº 69.

Com mais de 850.000 unidades equivalentes conquistadas na sua semana de abertura, o novo álbum de Swift alcança a maior semana de estreia para um álbum desde a última vez que ela teve um álbum para dar aos fãs.

Matéria publicada pela Forbes e traduzida pela equipe TSBR

2009 - 2019 Taylor Swift Brasil - todos os direitos reservados. Desenvolvido por Marcelo Monteiro online